O CRMV-MG desenvolveu e está disponibilizando para download, um check-list que contempla a estrutura mínima necessária para o funcionamento de clínicas, hospitais e consultórios veterinários, com base na Resolução CFMV nº 1015/2012. Os profissionais podem acessar o documento online, e também, imprimir uma versão para afixá-lo em seu estabelecimento. O documento também está disponível nas versões impressas do boletim de pessoa jurídica do 1° semestre de 2019. Clique aqui e acesse o check-list! 

O check-list do CRMV-MG aborda a estrutura mínima necessária para as áreas de atendimento, setor de diagnóstico, setor cirúrgico, setor de internação e de sustentação. Os estabelecimentos devem estar adequados conforme as normas da Resolução 1015, para que promovam o bem-estar animal, e evitem a instauração de processos ético-profissionais.

De acordo com a Resolução 1015, três tipos de estabelecimentos são definidos como veterinários:


1. Hospitais: estabelecimentos capazes de assegurar assistência médico-veterinária curativa e preventiva aos animais, com atendimento ao público em período integral (24 horas), com a presença permanente e sob a responsabilidade técnica de médico-veterinário;

2. Clínicas: estabelecimentos destinados ao atendimento de animais para consultas e tratamentos clínico-cirúrgicos, podendo ou não ter cirurgia e internações, sob a responsabilidade técnica e presença de médico-veterinário;

3. Consultórios: estabelecimentos de propriedade de médico-veterinário destinados ao ato básico de consulta clínica, curativos, aplicação de medicamentos e vacinações de animais, sendo vedada a realização de procedimentos anestésicos e/ou cirúrgicos e a internação.