O presidente do CRMV-MG, dr. Bruno Divino Rocha, e o deputado estadual, Coronel Henrique, estiveram reunidos nesta quarta-feira (7) com o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, Coronel Estevo, e apresentaram uma proposta de criação de um quadro de médicos-veterinários para atuar no Corpo de Bombeiros de Minas Gerais.

A proposta partiu da necessidade de profissionais especializados para atuar no resgate de animais em ocasiões de desastres ambientais, ou mesmo em episódios que envolvam a fauna. “A sociedade têm demandado cada vez mais a presença do médico veterinário, não somente em situações de resgate de animais em desastres ambientais. Assim, procuramos o coronel Henrique que, prontamente, se comprometeu em buscarmos esse quadro de profissionais no corpo de bombeiros, e pude argumentar tecnicamente para propormos a criação desta nova função”, enfatiza o presidente do CRMV-MG, dr. Bruno Divino.

Na visão do médico-veterinário Coronel Henrique, a relação intrínseca entre humanos, animais e meio ambiente, é primordial para que hajam médicos-veterinários atuando junto a corporação do corpo de bombeiros. “Este é um serviço para toda a sociedade mineira, trabalhando com o conceito moderno de Saúde Única, em que a saúde humana, animal e ambiental, serão privilegiadas”, ressalta o deputado estadual.

A proposta foi bem aceita pelo comando-geral do Corpo de Bombeiros, tendo em vista as ocasiões nas quais é demandado um conhecimento técnico para com os animais. “Recebemos com muitos bons olhos um apoio que pode ser colocado aos nossos militares em diversas ocorrências. Animais de captura de ou mesmo no trato dos nossos cães que são tão efetivos, como todos puderam ver em Brumadinho. Será um apoio excepcional para o Corpo de Bombeiros. Vamos estudar a proposta para trabalharmos juntos”, ressaltou Coronel Estevo.