Mais de cem representantes dos Conselhos Regionais de Medicina Veterinária (CRMVs) participaram, virtualmente, do Treinamento de Fiscalização do Sistema CFMV/CRMVs – Módulo 1, realizado na sexta-feira (16). O evento abordou a conduta dos fiscais e a percepção sobre as atividades de fiscalização. Atualmente, cerca de uma centena de agentes de fiscalização garantem o cumprimento das normas do exercício profissional dos médicos-veterinários e zootecnistas, no Brasil, contribuindo para a melhoria e manutenção da saúde de animais, humanos e do meio ambiente

“Esse treinamento é o primeiro de vários, que serão oferecidos de forma on-line e presencial. O processo de fiscalizar será aperfeiçoado constantemente, com a contribuição de todos”, destacou a médica-veterinária Ana Elisa Fernandes de Souza Almeida, vice-presidente do Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), durante a abertura da capacitação.

 O presidente do CRMV-MG, Bruno Divino, destacou a importância das parcerias com instituições e órgãos como Ministério Público, Vigilância Sanitária e Procon para as ações de fiscalização. “A capacitação dos fiscais é um dos pontos-chave da prestação do serviço à sociedade, que demanda ações mais eficientes”, disse.

O evento foi organizado pelo Núcleo de Apoio aos Regionais (NAR) e pelo Grupo de Trabalho de Fiscalização (GTF) do CFMV. Para o assessor técnico da presidência, Fernando Zacchi, integrante do GTF, é importante esclarecer ao fiscal seu papel de proteção à sociedade, seja na saúde única, na sustentabilidade, no aprimoramento da produção animal ou na preservação da segurança alimentar. “A proposta é avançarmos cada vez mais em assuntos específicos, fornecendo ferramentas para o exercício da fiscalização do exercício profissional’.

Programação

Aos participantes, foram apresentados os temas: Razão de Existir do CFMV/CRMVs, abordado pelo médico-veterinário Rafael Stedile;  Áreas de Atuação dos Profissionais Inscritos no Sistema, proferido por Fernando Zacchi; Conduta dos Fiscais, conduzido pelo supervisor técnico de Fiscalização do CRMV-SC, médico-veterinário Fábio Marcon; Relacionamento com Parceiros, apresentado por Bruno Divino (CRMV-MG); e Abordagem Fiscalizatória de Empresas e Profissionais, com as palestrantes Raquel Braga e Rafaela Luns, integrantes do GTF-CFMV.

Com a palavra, palestrantes e fiscais

Palestrantes:

Rafael Stedile Integrante do GTF/CFMV

“Apresentei a evolução histórica da necessidade de controle sobre a atividade profissional até a construção das Leis nº 5.517/1968 e 5.550/1968, e a diferença entre o CRMVs e outras instituições.”

Fábio Marcon
Supervisor técnico de Fiscalização do CRMV-SC

“As atividades dos fiscais devem ser exercidas com competência, desenvolvimento e aprimoramento profissional, buscando sempre a excelência. Com eventos como esse, conseguimos tornar a fiscalização do sistema uma só, ampliando o conhecimento e incentivando a troca de experiência entre os regionais.”

Raquel Braga
Integrante do GTF/CFMV

“É essencial que as equipes de fiscalização dos regionais sejam treinadas e estejam alinhadas, conforme as exigências legais, possibilitando uma fiscalização coerente do exercício profissional, garantindo que os serviços prestados ou produtos comercializados à população sejam de qualidade e seguros.”

Fiscais

Eric Claude Martin
Assistente fiscal do CRMV-BA

“O evento foi muito proveitoso. Aguardo o próximo. Já aplico por ser fiscal e é ótimo receber atualizações.”

Daniel José de Sousa
Coordenador da Seção de Fiscalização do CRMV-GO

“A fiscalização é muito diversificada e necessita de alguém para acompanhar o alinhamento das ações e normas aplicadas. A unidade nas ações e o conhecimento aprimorado contribuirão para que tenhamos profissionais fiscalizados com mais rigor, com aperfeiçoamento e cumprimento da legislação, garantindo mais cuidado aos serviços e produtos fornecidos à sociedade”.

Fonte: CFMV/CRMVs