Na última quinta-feira (8), o CRMV-MG realizou uma ação de fiscalização no castramóvel da Prefeitura de Teófilo Otoni. A equipe do CRMV-MG verificou se a unidade móvel cumpria os requisitos da Resolução CFMV n° 962, que normatiza os procedimentos de contracepção de cães e gatos em programas de Educação em Saúde, Guarda Responsável e Esterilização Cirúrgica com a Finalidade de Controle Populacional.

A ação contou com a participação do fiscal do CRMV-MG, Jônatas Caldi, e do conselheiro, dr. Frederico Pacheco. “A médica-veterinária da prefeitura esclareceu que o castramóvel é utilizado para animais de pessoas carentes, e especificamente só para castração, para controlar a população de cães e gatos aqui na região, que pode aumentar o risco de zoonoses”, ressalta o conselheiro.

Na foto, a médica-veterinária da prefeitura de Teófilo Otoni, dra. Marla Oliveira Desquivel, o conselheiro dr. Frederico Pacheco, o coordenador da vigilância ambiental, Joaniz Lopes de Oliveira, e o fiscal, Jônatas Caldi.

Resolução CFMV n° 962

O documento do Conselho Federal determina que os programas com a finalidade de controle populacional devem ter por base a educação em saúde e a guarda responsável, e não apenas o fluxo de esterilizações. Além disso, é obrigatória a presença de um médico veterinário como Responsável Técnico e a homologação de uma Anotação de Responsabilidade Técnica junto ao CRMV-MG por parte deste profissional.