Mais de 30 profissionais de comunicação do Sistema Conselhos Federal e Regionais de Medicina Veterinária (CFMV/CRMVs) reuniram-se na sede do CFMV, em Brasília (DF), para conhecer o que cada profissional vem realizando em sua área e também atualizar-se sobre o tema. Os destaques foram as palestras do mestre em Comunicação Jorge Duarte, com o tema ‘Desafios da Comunicação Pública”, e de Luciano Pires,  jornalista, que falou sobre gerenciamento de crises.

 

O objetivo do evento, realizado nos dias 12 e 13 de novembro, foi também alinhar e integrar os comunicadores dos conselhos federal e regionais. Na abertura do evento, Francisco Cavalcanti de Almeida, presidente do CFMV, enfatizou a oportunidade de atualização, treinamento e reciclagem dos assessores de comunicação do Sistema. “A comunicação é um dos mais importantes setores do nosso Sistema. Ela estabelece a ligação da nossa instituição com os médicos-veterinários, zootecnistas e sociedade”, disse.

A primeira palestra do evento ficou a cargo de Napoleão Puente de Salles, assessor parlamentar da NK Consultores Relações Governamentais. Ele discorreu sobre como funciona o Congresso Nacional, explicando a tramitação de projetos de lei e sugerindo dicas de interação com parlamentares.

Ao longo do primeiro dia do encontro, os regionais apresentaram casos de sucesso e de fracasso para discussão. Melissa Silva, jornalista do CFMV que atou no gerenciamento de crises na tragédia de Brumadinho, no início deste ano, falou sobre a experiência em atuar em situações como essa.

“Não temos controle das crises e nos cabe gerenciá-las com firmeza e rapidez. Em Brumadinho, especificamente, que foi um case de assessoria de imprensa reativa, foi possível contornar a adversidade e gerar repercussão positiva na mídia, graças ao esforço conjunto com a comunicação do CRMV-MG e com o apoio incondicional dos demais regionais. A experiência nos mostrou que quando trabalhamos unidos somos bem mais fortes”, relatou.

Na abertura do segundo dia do evento, o tesoureiro do CFMV, Wanderson Alves Ferreira, fez um panorama sobre a Medicina Veterinária e a Zootecnia e mencionou as pautas prioritárias importantes do Sistema CFMV/CRMVs. “É relevante analisar a predominância feminina nas profissões, que representam 60% dos médicos-veterinários. Já nas universidades, a forte representação de mulheres é ainda maior, chega a 70%”, afirmou.

O grupo de assessores de comunicação dos CRMVs se comprometeu em construir em parceria com o federal um planejamento para 2020, com uma agenda de assessoria de imprensa proativa, que coloque o Sistema CFMV/CRMVs na mídia com pautas positivas e relevantes para os profissionais e a sociedade.

O CRMV-MG foi representado pela assessora de comunicação Natália Nogueira Lara. Também participaram do encontro representantes dos regionais do Acre, Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pará, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraíba e São Paulo. Os representantes dos CRMVs tiveram a oportunidade de compartilhar com colegas experiências positivas e dificuldades na área de atuação.

Acesse a galeria de fotos.

 

Com informações da Assessoria de Comunicação do CFMV