De 18 a 24 de novembro acontece a Semana Mundial de Conscientização Antimicrobiana 2020 (WAAW – sigla em inglês). A campanha que traz o slogan “Antimicrobianos: use com cuidado” é coordenada pela Aliança Tripartite – Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação (FAO)Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) e Organização Mundial de Saúde (OMS)

Realizada anualmente, a semana mundial busca aumentar a conscientização e a compreensão da resistência aos antimicrobianos que é um dos maiores desafios para a saúde pública global, com importante impacto na saúde humana e dos animais.  

Tendo como base a semana, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), realizou uma campanha chamada “A regra dos 5 somentes”:

 - SOMENTE use antimicrobianos quando prescritos por um veterinário

- SOMENTE adquira antimicrobianos de fontes e distribuidores autorizados

- SOMENTE use a dosagem prescrita e respeite a duração do tratamento e período de retirada x2

- SOMENTE use antimicrobianos associados a boas práticas de manejo, vacinação e higiene

- SOMENTE use quando necessário: antimicrobianos não curam todo tipo de infecção

Entre as ações realizadas durante a semana, no dia 23/11, o Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (Mapa), o Ministério da Saúde, Anvisa e Organização Panamericana de Saúde (OPAS/OMS) realizarão um webinar “Unidos para preservar os antimicrobianos”, a partir das 15h, transmitidos pelo Youtube https://youtu.be/FA81camYes8 e no canal da PAHO TV https://www.youtube.com/pahotv

As atividades para estimular o uso racional de antimicrobianos em animais estão previstas no Plano de Ação Nacional para Prevenção e Controle da Resistência aos Antimicrobianos no âmbito da Agropecuária (PAN-BR AGRO), publicado em 2018 pelo Mapa. O uso inadequado ou excessivo de medicamentos aumenta o risco de resistência aos antimicrobianos e, em todo o mundo, pessoas, plantas e animais estão morrendo de infecções que não podem ser tratadas, mesmo com os mais poderosos antimicrobianos. 

Para mais informações acesse a página do Mapa sobre Resistência aos Antimicrobianos.